28.1 C
Rio Grande do Sul
quinta-feira, junho 13, 2024
Home- ÚLTIMAS NOTÍCIAS -Governo brasileiro compra 263 mil toneladas de arroz importado em leilão; Deputado...

Governo brasileiro compra 263 mil toneladas de arroz importado em leilão; Deputado gaúcho denuncia suposta cartelização

Nesta quinta-feira (6), o governo federal adquiriu 263 mil toneladas de arroz importado em um leilão realizado pela manhã. O produto foi negociado por R$ 25 o saco de 5 quilos, e será repassado ao consumidor final por R$ 20, de acordo com informações do Ministério da Agricultura.

O Ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, descreveu o leilão como “um sucesso”, destacando a necessidade de reduzir os preços do arroz, que chegaram a aumentar 40% devido às enchentes no Rio Grande do Sul. O Estado responde por 70% da produção nacional de arroz.

Operacionalizado pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), o leilão foi uma estratégia adotada para mitigar os efeitos do aumento de preço do produto.

Apesar de ter sido impedido pela Justiça Federal de Porto Alegre na quarta-feira, o leilão ocorreu após recurso do governo junto ao TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região). O juiz Bruno Risch havia considerado o leilão “prematuro”, alegando falta de comprovação de que o mercado interno foi afetado pelas enchentes no RS. A ação foi movida por deputados do Rio Grande do Sul, incluindo Marcel Van Hatten (Novo), Lucas Resecker (PSDB) e Felipe Camozzatto (Novo), com oposição de produtores gaúchos.

Marcel van Hattem, deputado federal pelo RS, levantou suspeitas de formação de cartel no leilão do arroz e afirmou que irá acionar o TCU (Tribunal de Contas da União) e o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) para investigação. Ele questionou: “Será que houve cartel no leilão do Arroz Eleitoral Tia Janja?”. O deputado concluiu afirmando que seguirá na batalha judicial para “enterrar” o leilão, que considera prejudicial ao povo gaúcho e brasileiro.

- Publicidade -

Mais populares

Feito com muito 💜 por go7.com.br