22.1 C
Rio Grande do Sul
sábado, junho 15, 2024
Home- ÚLTIMAS NOTÍCIAS -Chuvas intensas devastam produção agrícola e infraestrutura no RS, aponta relatório da...

Chuvas intensas devastam produção agrícola e infraestrutura no RS, aponta relatório da Emater

Mais de 206 mil propriedades rurais afetadas, deixando milhares de famílias sem acesso à água e municípios em estado de calamidade.

Um relatório da Emater revela que mais de 206 mil propriedades rurais foram impactadas pela recente catástrofe climática no Rio Grande do Sul, com consequências abrangentes na produção agrícola, infraestrutura e abastecimento de água potável. Entre as principais constatações, 34.519 famílias ficaram privadas de acesso à água devido aos eventos climáticos.

O período investigado compreendeu de 30 de abril a 24 de maio, mas algumas informações ainda estão em fase preliminar devido à dificuldade de estimar o verdadeiro alcance das fortes chuvas no estado.

O relatório, divulgado pelas secretarias da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação e de Desenvolvimento Rural, destacou que 9.158 localidades foram atingidas pelas chuvas, enchentes e deslizamentos, com 78 municípios em estado de calamidade pública e 340 em situação de emergência, especialmente nas regiões do Vale do Taquari e da região metropolitana de Porto Alegre.

As perdas abrangeram 48.674 produtores de feijão, milho e soja, além de 19.190 famílias de agricultores que sofreram danos em suas propriedades. A produção de soja foi particularmente afetada, com uma perda estimada em 2,71 milhões de toneladas. A pecuária também sofreu prejuízos significativos, com 3.711 criadores atingidos, resultando na morte de 1,2 milhão de aves, além de perdas em outras categorias como bovinos, suínos e peixes.

A fruticultura e horticultura foram severamente impactadas, com danos significativos nas culturas de citros e banana, afetando cerca de 8.381 propriedades. O abastecimento de hortaliças nas áreas urbanas também foi comprometido, com escassez notável em regiões como a região metropolitana e os vales do Taquari e do Caí.

O relatório completo da Emater aborda ainda os impactos em outras áreas, como a cultura do arroz, floricultura, cooperativismo e ações para lidar com a calamidade. Além disso, são listados os municípios em situação de calamidade, onde as infraestruturas foram gravemente afetadas, incluindo danos em casas, galpões, armazéns, silos e outras estruturas rurais.

- Publicidade -

Mais populares

Feito com muito 💜 por go7.com.br